Rede de Proteção e Resistência contra o Genocídio


No próximo sábado, 12 de agosto, o CDHEP – Centro de Direitos Humanos e Educação Popular de Campo Limpo abre suas portas para receber a Rede de Proteção e Resistência contra o Genocídio, encontro que tem como objetivo dialogar e pensar junto aos movimentos sociais da região, estratégias e formas de combater a violência praticada pelo Estado contra os Genocídios das Juventudes Negras, Indígenas, Pobres e Periféricas.

A organização é resultado do I Seminário Internacional Juventudes e Vulnerabilidades: Homicídios, Encarceramento e Preconceitos, que ocorreu entre os dias 7 e 9 de maio, na Faculdade de Direito da USP no Largo São Francisco, e na escola de samba Combinados de Sapopemba, Zona Leste da cidade.

Contamos com o apoio de todxs para combater o Genocídio físico e moral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *